Início » 11º ano, Lógica

Ambiguidade

Enviado por |

Encontrei nos meus papéis a transcrição de um pequeno texto, sem indicação de autor. Achei-o interessante porque ilustra o conceito de ambiguidade

[um termo é ambíguo quando tem mais de um significado. Por exemplo, na frase Gosto muito do meu banco, a palavra banco tanto pode designar o banco onde me sento como a instituição bancária de que sou cliente]:

Numa noite de Inverno, cheguei a casa e a minha mulher já estava deitada. Na sala encontrei um bilhete que dizia:

“Aquece os pés, janta e vem deitar-te”.

Como estava frio, resolvi aceitar o conselho; descalcei as botas e aqueci os pés na braseira.

Quando já estava quentinho, apeteceu-me comer. Fui à cozinha, destapei o tacho e… tinha pés de borrego para o jantar.

Nb: Há aqui um texto onde se esclarece mais desenvolvidamente o conceito de ambiguidade.

Deixe um comentário!

Escreva o seu comentário a seguir, ou o trackback do seu próprio sítio da Web.

Respeite a netiqueta e o assunto em discussão. Ativámos a moderação de comentários para filtrar o spam; por isso, o seu comentário pode levar algum tempo a ser publicado.

Pode usar estas etiquetas:
<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

Este blogue utiliza Gravatars. Se ainda não tem um, crie-o em Gravatar.