Início » Tecnologia

Como guardar os vídeos do Youtube

Uma minha amiga “lamentava-se” porque, às vezes, vê no Facebook alguns vídeos do Youtube que gosta de ouver, mas, quando quer voltar a eles, já eles… desapareceram. “Se fosse possível guardá-los de algum modo…”, concluiu.

Youtube

É, de facto, possível guardar os vídeos de Youtube, de vários modos. Referirei aqui dois:

  • Primeiro: transferi-los para o computador, para os ouver quando quiser, mesmo sem ligação à net.
    Há também vários modos de o fazer; eu uso um plugin para o navegador (browser) Firefox: o DownloadHelper. Esta pequena maravilha, além dos vídeos do Youtube, também descarrega os de outros sítios.
  1. Adicione a extensão DownloadHelper ao seu Firefox, a partir daqui. O processo é intuitivo (digo eu); mas, se precisar de ajuda, peça, na caixa dos comentários.
    (Está a dizer-me que não usa o Firefox?! está na altura de mudar: para melhor muda-se sempre. O Firefox está aqui, prontinho para descarga e instalação).
  2. Reinicie o Firefox.
    Agora, deverá ter um novo ícone na barra de ferramentas downloadHelper(assinalado na imagem ao lado). Quando estiver numa página com conteúdo multimédia descarregável, designadamente no Youtube, o ícone adquirirá cor, começará a girar e activar-se-á uma seta que dará acesso a um menú de descarga: escolha a qualidade e o formato que lhe interessa — e é só esperar até o vídeo estar, todinho, no seu computador.
  3. Talvez este vídeo, em inglês, ajude:

  • Segundo: guardá-los em listas de reprodução do Youtube, para ir lá ouvê-los, quando quiser.
  1. Vá ao Youtube e inicie sessão com a sua conta Gmail (se tem outro endereço , que não o Gmail, embora seja possível usá-lo, o meu conselho é que crie uma conta Google: é mais fácil e o novo endereço servir-lhe-á em muitas outras circunstâncias);
  2. Se ainda não tem nenhuma lista de reprodução, ou quer uma nova, crie-a. Faça assim:
    vá para a página de exibição do vídeo (se estiver a ouvê-lo noutro sítio — no Facebook, por exemplo — procure o logotipo do Youtube e clique nele);
    clique no botão Adicionar a, abaixo do vídeo que está a ouver;
    abre-se um menu: introduza o nome da nova lista (por exemplo, Jazz, se o vídeo presente é de música jazz e quer juntar-lhe outros vídeos do mesmo tipo de música); clique no botão Criar lista de reprodução. Pode escolher se quer que a lista seja pública (visível por outros) ou privada (apenas para si).
    (Também pode criar listas a partir do Gerenciador de vídeos —  não vou explicar como, porque já tem o método anterior).
  3. Para adicionar vídeos a uma lista de reprodução existente:
    na página de exibição do vídeo, clique no botão Adicionar a, abaixo do vídeo que está ouvendo;
    abre-se um menu: selecione a lista de reprodução à qual deseja adicionar o vídeo.
  4. Pode aceder às suas listas de reprodução (e muito mais), através do Guia (procure-o à esquerda, ao cimo, da página). Abra-as e escolhe o(s) vídeo(s) que quer ouver de novo.

Bem… se algo não ficou claro, diga-o na caixa de comentários. Use-a também para acrescentar algo ao meu texto.

Aqui, explico como baixar os vídeos do Youtube, usando a linha de comandos, em Linux.

Tags:

2 Comentários »

  • Zé Lopez diz:

    A “conta Gmail” não é “sua” – é deles e bem deles.

    E a promoção encoberta da Google cheira a trabalho de agência, pago (mal pago, porque roma quase não paga a traidores).

    Ai se isto vira, quantos baús não serão arrombados sem lubrificante!

  • A. Gomes diz:

    Zé Lopez,

    (por mais que lhe custe crer) garantidamente, não. Nem promoção (pelo menos voluntária), muito menos paga. O meu Baú vive à custa do meu dinheiro. Só do meu. Por que razão?, perguntará. Porque me dá prazer.

    Por mais que lhe custe crer…

    (nb: estamos de acordo no que respeita a ser deles a conta)

Deixe um comentário!

Escreva o seu comentário a seguir, ou o trackback do seu próprio sítio da Web.

Respeite a netiqueta e o assunto em discussão. Ativámos a moderação de comentários para filtrar o spam; por isso, o seu comentário pode levar algum tempo a ser publicado.

Pode usar estas etiquetas:
<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

Este blogue utiliza Gravatars. Se ainda não tem um, crie-o em Gravatar.