Início » Tecnologia

Encontrar ficheiros duplicados

Enviado por |

Se, ao meu leitor, lhe parece estranho o título deste artigo, então provavelmente é mais arrumado do que eu. Ou não, mas não dá importância a isso. Ou, outra hipótese, ainda não consciencializou a possibilidade de o seu disco ter ficheiros duplicados (ou triplicados ou…). No que me diz respeito, eu suspeitava que deveria haver várias cópias de alguns dos meus ficheiros, sobretudo de fotografias e livros e publicações periódicas digitais; mas, ainda assim e quando finalmente decidi encontrar ficheiros duplicados, apenas no disco onde guardo as fotografias, fiquei surpreendido com o resultado: tinha 39 (trinta e nove, sim!) GB de fotografias duplicadas. Como cheguei lá?

encontrar ficheiros duplicados com dupeguru

Como encontrar ficheiros duplicados

Como para outras tarefas, há vários programas eficazes. Costumo dar preferência a software grátis (se for de código aberto, ainda melhor) porque, como já aqui fiz saber, penso que qualidade e gratuitidade são duas características que podem conviver e convivem de facto muito bem.

Desta vez experimentei, o dupeGuru. Aqui são enumeradas (em inglês) as suas virtudes e senões e analisadas alternativas. Para além de ser gratuito, agradou-me o facto de ter versões para vários sistemas operativos (incluindo o Ubuntu) e ser eficiente.

O dupeGuru

  • descarrega-se daqui;
  • depois, é abri-lo e arrastar para a sua janela as pastas que ele deve analisar;
  • …e esperar pelos resultados. Se não confiar, verifique se os ficheiros listados são efetivamente iguais; confiando (ou depois de verificar), assinale os que quer apagar… e apague-os.

*****

||| O programa é configurável, como se explica na página de onde se descarrega.

||| Como se instala o dupeGuru no Ubuntu? Aqui ou aqui encontra a resposta (e uma breve explicação sobre como remover ficheiros duplicados com o programa.

||| Usa o dupeGuru? quer aacrescentar algo? ou corrigir? Usa um programa alternativo? qual? como o avalia?

Tags: , ,

Deixe um comentário!

Escreva o seu comentário a seguir, ou o trackback do seu próprio sítio da Web.

Respeite a netiqueta e o assunto em discussão. Ativámos a moderação de comentários para filtrar o spam; por isso, o seu comentário pode levar algum tempo a ser publicado.

Pode usar estas etiquetas:
<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

Este blogue utiliza Gravatars. Se ainda não tem um, crie-o em Gravatar.