Início » Fotografia

Equipamento para fotografia no exterior

Fotografar o outono

Estamos no outono, estação propícia àquelas fotos especialíssimas com especialíssimas cores de paisagens ou da natureza. Mas, antes de sair de casa, verifique se leva o equipamento necessário. Além da máquina fotográfica (obviamente!…)…

  • …pense na(s) objetiva(s). Provavelmente, fotografará paisagens (com distâncias focais curtas); mas (inevitavelmente, digo eu…) não deixará escapar pormenores como as tonalidades das cores das folhas: se tem macro, leve-a;

Fotografar o Outono

  • …quase de certeza irá precisar do tripé. Particularmente se fotografar ao entardecer
    (a melhor altura do dia, ou ao nascer do sol — o ângulo de incidência da luz destaca as tonalidades amarelas e vermelhas das folhas…)
    e/ou se se embrenhar nalgum pinhal
    (o outono também está na cidade!),
    a velocidade de obturação  pode baixar a níveis em que a firmeza da sua mão seja insuficiente para impedir fotos “tremidas”.
    Junte o complemento do tripé: o disparador;
  •  …um bean bag substitui, com vantagens, o tripé em determinadas fotos. As que são feitas ao nível do solo, por exemplo. Ao nível do solo?! precisamente! pense noutras posições e noutros níveis além da clássica foto feita com a máquina ao nível habitual dos olhos: por exemplo, ajoelhe-se/deite-se para fotografar os pequenos cogumelos (outra atração do outono)… e apoie a máquina no bean bag
    (não sabe o que é isso? poderá ter uma ideia a partir deste texto;
    se ainda não tem um bean bag, deixo-lhe a promessa de, um dia destes, escrever um texto sobre como fazer um);

Fotografar o outono

  • …pensando em proteger os joelhos (e a roupa), ao ajoelhar ou deitar-se em terra, talvez húmida, leve um pedaço de plástico ou algo do género que possa colocar debaixo de si. Aliás, este deveria ser um dos acessórios indispensáveis na sua mochila: é leve, barato, ocupa pouco espaço,…
  • …falta algo na lista? (talvez um guarda-chuva?!)

Tenha ainda em consideração isto:

  • fotografe em RAW. Se o não quiser fazer (pode-se saber porquê?) ou a sua máquina não tiver essa opção, troque o balanço de brancos automático pelo nublado (para obter cores mais vivas);
  • se verificar que a luz do sol filtrada pelas folhas é demasiado forte, experimente fotos ligeiramente subexpostas. Faça ainda experiências com os filtros polarizadores (realça o colorido?);
  • quando “tratar as fotos” (não gosta de as “tratar”?! pode-se saber porquê?), veja como ficam se saturar um pouco os canais vermelho e amarelo ou aplicar um filtro amarelado (para dar um tom mais quente do que o conseguido com o balanço de brancos).

*****

POR FAVOR, partilhe connosco a sua experiência. Use a caixa dos comentários!

3 Comentários »

Deixe um comentário!

Escreva o seu comentário a seguir, ou o trackback do seu próprio sítio da Web.

Respeite a netiqueta e o assunto em discussão. Ativámos a moderação de comentários para filtrar o spam; por isso, o seu comentário pode levar algum tempo a ser publicado.

Pode usar estas etiquetas:
<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

Este blogue utiliza Gravatars. Se ainda não tem um, crie-o em Gravatar.