Início » Fotografia

Fotografia: formatos de arquivo

Enviado por |

Se o meu leitor possui uma máquina fotográfica, sabe qual é o formato em que ela grava as fotos que faz? O jpeg é o mais habitual; mas há outros, com vantagens e desvantagens e mais ou menos adequados, conforme as circunstâncias. Referirei apenas os três que penso serem  mais usados: RAW, JPEG e TIFF.

raw-vs-jpg

  • O JPEG (no nome dos ficheiros, é mais comum aparecer .jpg) produz imagens de boa qualidade com um tamanho mais pequeno que os outros dois. No entanto, não conserva todos os dados da imagem e, quanto mais se edita um JPEG, mais perdas se verificam na imagem.
  • Por isso, para editar uma imagem JPEG, o melhor é convertê-la para TIFF, onde não ocorrem aquelas perdas. O mesmo se pode dizer, se, por exemplo, vai digitalizar uma foto antiga para depois a restaurar: guarde a imagem digitalizada em TIFF. Tem, relativamente ao JPEG, os inconvenientes de o tamanho do ficheiro ser maior e de nem todos os serviços de impressão online suportarem este formato (nesse caso, faça a conversão para JPEG).
  •  Quando se fotografa em JPEG, é a própria máquina que processa as imagens captadas pelo sensor, “desperdiçando” uma grande quantidade de informação. Para obter os melhores resultados possíveis, deve fotografar em RAW: todos os dados captados pelo sensor serão armazenados e isso permite obter mais detalhe, cores mais ricas, maior contraste… Este formato tem a desvantagem de criar um ficheiro com um tamanho maior (que o JPEG e que o TIFF); além disso, é necessário processar as imagens: estas são uma espécie de “negativos digitais” (recorda-se dos negativos das antigas máquinas de rolo?); outro inconveniente: a máquina leva mais tempo para guardar o ficheiro — por isso, pode ser problemático em sequências rápidas de ação, como desporto automóvel.
  • Uma última nota acerca do tamanho da imagem: escolha a máxima resolução da máquina, se quer imprimir em alta qualidade. Se é para ser vista no ecrã ou publicada online, são suficientes uns 800×600 píxeis, 72 píxeis por polegada; para impressão, opte por 300 píxeis por polegada. Se “esticar” uma imagem pequena para um formato grande, ela aparecerá “pixelada”.

Deixe um comentário!

Escreva o seu comentário a seguir, ou o trackback do seu próprio sítio da Web.

Respeite a netiqueta e o assunto em discussão. Ativámos a moderação de comentários para filtrar o spam; por isso, o seu comentário pode levar algum tempo a ser publicado.

Pode usar estas etiquetas:
<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

Este blogue utiliza Gravatars. Se ainda não tem um, crie-o em Gravatar.