Início » História da Filosofia

HUSSERL, Edmund (o fundador da fenomenologia)

Enviado por |

HusserlFilósofo alemão, fundador da fenomenologia (uma das grandes correntes do pensamento do século XX), Edmund Husserl nasceu a 8 de abril de 1859 em Prosznitz, na Morávia, naquela altura parte do Império Austríaco (hoje Prostejov, na República Checa). Começou a sua carreira com o estudo das matemáticas; em 1883, obtém o doutoramento em matemática, tendo a seguir decidido dedicar-se inteiramente à filosofia, depois de a ter descoberto ao frequentar as aulas de Brentano em Viena (na sua obra Sobre o Conceito de Número, de 1887, cujo título será reformulado, em 1891, para Philosophie der Arithmetik, Husserl aplica a psicologia de Brentano ao problema do nosso conhecimento da aritmética).

Trabalhou como Privatdozent (professor não titular) em Halle, até 1906; aceitou um lugar de professor associado na Universidade de Gotinga; em 1916, passou a ser professor de Filosofia na Universidade de Friburgo, sendo Martin Heidegger um dos seus alunos. Dá conferências em Londres, em Paris, e revela-se como um dos mestres do pensamento contemporâneo. Em 1936, Husserl foi expulso da universidade devido à sua ascendência judia, uma decisão na qual esteve implicado o próprio Heidegger, que lhe sucedeu no lugar (Heidegger retirou a dedicatória a Husserl do seu mais conhecido trabalho, Ser e Tempo — Sein und Zeit, no original –, quando este foi reeditado, em 1941).

Husserl continuou a escrever até à sua morte, ocorrida em Friburgo, a 27 de abril de 1938. As suas obras exerceram grande influência, designadamente, em Heidegger, Sartre e Merleau-Ponty (que sintetizou o seu pensamento na introdução a Fenomenologia da perceção).

Principais obras de Husserl

||| (1901) Investigações lógicas.

||| (1907) A ideia da fenomenologia.

||| (1911) A filosofia como ciência de rigor.

||| (1913) Ideias para uma fenomenologia pura e para uma filosofia fenomenológica.

…a explorar em textos futuros (sobre Husserl)

||| O que é a fenomenologia

||| …

Tags:

Deixe um comentário!

Escreva o seu comentário a seguir, ou o trackback do seu próprio sítio da Web.

Respeite a netiqueta e o assunto em discussão. Ativámos a moderação de comentários para filtrar o spam; por isso, o seu comentário pode levar algum tempo a ser publicado.

Pode usar estas etiquetas:
<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

Este blogue utiliza Gravatars. Se ainda não tem um, crie-o em Gravatar.