Início » Tecnologia

Um blogue em Blogger ou WordPress

Se o meu leitor gostava de criar um blogue, para dar a conhecer as suas ideias ou partilhar conhecimentos ou… saiba que tem a tarefa muito facilitada, se usar um dos “serviços” disponíveis. E pode fazê-lo gratuitamente.

Blogger vs WordPress

  1. Há vários “serviços” fáceis e simples (com ferramentas diversas para criar, editar, classificar e publicar as informações do blogue), mas os dois mais utilizados deverão ser o Blogger (da Google) e o WordPress. Eu, que sou utilizador de ambos, penso que é pacífico que o WordPress é mais… potente; mas, se não tem objetivos profissionais exigentes, ambos poderão satisfazê-lo, com vantagens e desvantagens de ambos os lados (aqui, em espanhol, faz-se um confronto de ambos, segundo seis critérios).
  2. Com o BLOGGER, cria um blogue em três etapas:
    1. criar uma conta Blogger (se já tem algum endereço Gmail, pode usá-lo);
    2. criar um novo blogue (botão Novo blog) e definir algumas preferências para o blogue (por exemplo, o título e o endereço);
    3. escolher um modelo para a conceção inicial  do blogue. Clique em Criar um blog
  3. …e estará pronto para escrever a sua primeira postagem/mensagem (clique no botão que representa um lápis). A Google dá ajuda no processo de criação e manutenção do blogue; por exemplo, este Guia de primeiros passos do Blogger orienta-o nos processos da criação do blogue, da escrita de postagens/mensagens, de adicionar imagens e vídeos nos textos, de personalizar o blogue, de definir privacidade e permissões,…
  4. Em relação ao WORDPRESS, é necessário compreender algumas distinções:
    1. O WordPress é uma ferramenta para criar e manter conteúdos para a Web (blogues, sítios,…); pode ser descarregada e utilizada em vários sítios (incluindo o computador pessoal, como explicarei em texto posterior);
    2. Os blogues criados com essa ferramenta têm que ficar alojados em algum sítio; por exemplo, no computador (como já disse) ou num espaço pago (como é o caso de O meu baú, criado com o WordPress e alojado num computador com o endereço http://omeubau.net) ou num espaço gratuito…
    3. No sítio WordPress.org é desenvolvida a ferramenta WordPress; de lá se pode também fazer o download do software (que pode ser totalmente personalizado) para alojar noutro sítio. Em WordPress.org encontra-se ainda o diretório de plugins e temas, a documentação chamada de Codex, lista de sítios que utilizam a ferramenta WordPress, o Fórum de Ajuda e o blogue oficial.
    4. Em WordPress.com existe um serviço gratuito de hospedagem de blogues, que usa o WordPress pré-instalado (um serviço equivalente, digamos assim, ao Blogger). Os blogues aqui hospedados terão um endereço do tipo omeublog.wordpress.com; optando por ele, terá que contar com certas limitações como a de poder escolher apenas alguns temas ou restrições na utilização de JavaScript, CSS e FTP. Serve perfeitamente para um blogue “vulgar”; serviços adicionais (como mais espaço ou algumas personalizações) são pagos.
  5. Vamos supor que escolheu a opção gratuita de WordPress.com.
    1. Vá até http://wordpress.com/signup e preencha a ficha que lhe é proposta: para o email será enviada uma mensagem de ativação do blogue; o nome de utilizador e a palavra-passe serão utilizadas para fazer login (entrar) no WordPress e escrever/editar o conteúdo do blogue. Não esqueça a importância de uma palavra-passe “forte”, que dificulte a entrada de intrusos no blogue.
    2. Construa o endereço do blogue: como se trata da opção gratuita, apenas pode escolher o que fica antes de wordpress.com; — por exemplo, omeudiario.wordpress.com. Note que à direita do endereço tem hipóteses (pagas) de escolher endereços personalizados (por exemplo, omeudiario.com) e, mais abaixo, informação sobre alternativas à opção gratuita.
    3. Clique em Create Blog e personalize o blogue: indique o título, uma brevíssima síntese do que pretende com ele, a língua em que será escrito.
    4. Clique em Next Step e escolha um tema (uma estrutura-modelo para a apresentação do conteúdo do blogue). Clique em Next Step e personalize o tema. Clique em Next Step e, se assim o entender, escolha uma conta Twitter e/ou Facebook para partilhar a informação do blogue.
    5. Clique em Next Step e, como lhe é indicado, vá ao seu email para ativar o blogue. A partir de agora, basta ir a http://pt.wordpress.com, introduzir o seu nome de utilizador e palavra-passe e… escrever (Novo artigo) ou editar a informação que deseja partilhar com o Mundo (para ter um quadro geral do que pode fazer com o WordPress enquanto administrador do blogue, é preferível escolher My blog/O meu site, na barra superior. Veja as opções do Dashboard/Painel).

Quer o tenha feito no Blogger, quer no WordPress.com, criou o seu blogue, o objetivo deste primeiro artigo de uma pequena série sobre a criação e manutenção de blogues. O tema do segundo é como Escrever um artigo novo no WordPress.

Para receber no seu correio a notícia de novos artigos, assine as novidades, na barra lateral direita.

Algo não ficou claro? quer partilhar alguma informação sobre este assunto? Por favor, use a caixa dos comentários.

[ilustração rapinada do artigo Principais diferenças entre o Blogger e o WordPress]

2 Comentários »

  • santos diz:

    Eu utilizo os dois, e acho o blogger mais intuitivo.

  • Edie diz:

    Só se fala que o wordpress é bom, se pago, e que muita coisa no suporte gratuito não funciona, coisas que nas quais no blogger funciona, como wedget de anúncios e o das redes sociais. Então não é tão bom assim. Porque, pra ser, só pagando.
    O espaço no wordpress gratuito é de 3GB, muito pouco!
    Me parece que no blogger é muito mais.
    Tenho pouquíssimo conhecimento em desenvolvimento web, mas procuro plataformas que eu possa desfrutar e depois vê de avanço comprando um suporte pago, não que eu precise.

Deixe um comentário!

Escreva o seu comentário a seguir, ou o trackback do seu próprio sítio da Web.

Respeite a netiqueta e o assunto em discussão. Ativámos a moderação de comentários para filtrar o spam; por isso, o seu comentário pode levar algum tempo a ser publicado.

Pode usar estas etiquetas:
<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

Este blogue utiliza Gravatars. Se ainda não tem um, crie-o em Gravatar.