HA Operating System; instalar o Home Assistant num SSD

aqui deixei nota de como instalei, a primeira vez, o Home Assistant (HA). No mesmo artigo comparei os (as vantagens e desvantagens dos) quatro métodos de instalação e detalhei os passos da instalação que escolhi: a versão por container docker (HA Container). Entretanto, por razões que agora não interessam (mas destaco esta: os add-ons só estão disponíveis neste “novo” tipo de instalação), decidi reinstalar o HA, mas, desta vez, a versão mais completa , o sistema operativo HA (HA Operating System) (o artigo citado explica o essencial desta versão).

Além da mudança de versão do HA, decidi outra alteração: substituir o cartão MicroSD (onde estava instalado o HA e eram guardados os dados) por um disco SSD. Se não conhece as vantagens deste disco em relação ao cartão MicroSD, este é um bom vídeo sobre o assunto. Resumidamente, os SSD oferecem controladores mais rápidos e mais tolerância a falhas, tornando-os muito mais fiáveis do que os cartões SD.

Para instalar o HA Operating System num SSD…

… vamos considerar duas etapas:

  • instalar o sistema operativo HA num disco SSD;
  • fazer as alterações necessárias para o sistema iniciar do disco SSD (para ativar a inicialização USB), em vez do cartão MicroSD.

Para isso, vai ser necessário:

  • um computador
    • … para instalar o HA no disco e fazer as alterações relativas ao arranque;
    • eu uso um mini-PC a correr Ubuntu;
  • um Raspberry Pi (Rpi)
    • Melhor dito: pode fazê-lo em outros dispositivos (como um mini-PC, por exemplo); eu utilizei um Rpi 4.
    • O processo aqui especificado tem por destino um Rpi 4; outras versões (como a 3B+, por exemplo) requerem ligeiras alterações. E poderão ser necessários outros acessórios, como, por exemplo, teclado e rato.
  • um disco externo e (eventualmente) um adaptador
    • Neste disco será instalado o HA.
    • Como se adivinha, usei um disco SSD (que utiliza uma tecnologia de armazenamento no fundamental semelhante à do MicroSD). Mas poderá ser outro, tendo em consideração as diferenças. Por exemplo, uma unidade NVMe é muito mais rápida, mas também mais cara; e, como vai ser ligada a uma porta USB 3, não tem vantagem. Por isso, comprei uma unidade SATA.
    • Até um tradicional disco mecânico serve, sendo que este, para além de outros inconvenientes como a velocidade, poderá pôr outras exigências – por exemplo, no domínio do consumo de energia (da alimentação elétrica), eventualmente necessitando de uma fonte de alimentação externa separada.
    • Verifique se o disco que escolheu é do tipo correto (compatível com o Rpi). Eu optei por um Kingston A400 2.5″ SATA 120GB; para uma utilização normal, não é preciso grande espaço – optei por este porque era pequena a diferença de preço em relação a um de 64GB.
    • O disco que escolhi precisa de um adaptador para o ligar ao computador e ao Rpi. Comprei um StarTech.com USB 3.1 (10 Gbps) para SATA (claro!). Certifique-se de que também aqui a sua opção é compatível com o disco.
  • um cartão MicroSD (para as alterações relativas ao arranque)
    • … basta um de 1GB
  • leitor de cartões MicroSD
    • eu utilizei um externo, porque o meu computador não inclui um interno.
  • um cabo de rede/Ethernet
    • Pelo menos para começar, o Rpi precisa de se ligar à rede usando um cabo com fios. Mais tarde, pode-se configurar o WiFi.
    • Eu tenho o HA ligado à rede permanentemente através do cabo.

Criar uma cópia de segurança

Pode querer guardar uma cópia de segurança da sua configuração atual do HA, antes de fazer quaisquer alterações. É fácil: no painel de controlo do HA,

  • vá a Configuração > Sistema > Cópias de segurança;
  • seleccione Cópia de segurança completa para… criar uma cópia de segurança completa do seu sistema;
  • quando o processo estiver concluído, transfira o ficheiro de cópia de segurança para um sítio (o seu computador?), para o guardar.

A instalação do HA Operating System no SSD

Fi-la assim:

HA Operating System
  • Liguei o SSD ao computador (não ao Rpi!)
    • Obviamente, liguei primeiro o disco ao adaptador.
    • Depois, liguei o adaptador à porta USB do computador.
  • Descarreguei e instalei o Raspberry Pi Imager no meu computador
    • o Raspberry Pi Imager é a forma rápida e fácil de descarregar e instalar o Raspberry Pi OS (e outros sistemas operativos) num cartão microSD, deixando-o pronto para ser utilizado com o RPi;
    • note: a instalação é feita através do computador, não do RPi; no meu caso, utilizei um PC com Ubuntu;
    • o processo (incluindo a descarga) está descrito aqui: https://www.raspberrypi.com/software/
  • Abri o Raspberry Pi Imager antes descarregado.
  • Escolhi o sistema operativo (SO) pretendido
    • selecionei Choose OS;
    • depois, na lista que se abre, Other specific-purpose OS > Home assistants and home automation > Home Assistant;
    • finalmente, o SO compatível com o RPi 4/400 (se tiver outro dispositivo, escolha a opção respetiva);
  • Em Choose Storage, selecionei o local da gravação (o disco SSD).
  • Com Write, comecei a gravação.
    • Atenção! O conteúdo do disco será todo apagado e substituído pelos novos dados.
  • No final, ejetei o disco SSD.

Ativar a inicialização USB

Recordo: faremos a seguir as alterações necessárias para o HA arrancar do disco SSD (para ativar a inicialização USB), em vez do cartão MicroSD. O processo é semelhante ao anterior, mas um pouco mais rápido.

  • Liguei o cartão microSD (ver, acima, na lista do material necessário) ao computador (não ao Rpi!), usando o leitor de cartões.
  • Iniciei o Raspberry Pi Imager (obviamente, se não o fechou na etapa anterior, não precisará de o iniciar ;-)).
  • Cliquei no botão Choose OS (ver imagens da etapa anterior).
    • Depois, escolhi Misc utility images > Bootloader (Pi 4 family) > USB Boot.
  • Toquei em Choose Storage e selecionei o local da gravação (o MicroSD).
  • Com Write, comecei a gravação.
    • Atenção! O conteúdo do disco será todo apagado e substituído pelos novos dados.
  • No final, ejetei o MicroSD.

E agora, o Raspberry Pi!

  • Inseri o cartão MicroSD no RPi.
  • Nota: usei um cabo Ethernet para ligar o Rpi à rede (ver, acima).
  • Liguei a fonte de alimentação do RPi, para o iniciar.
    • O RPi faz o flash do bootloader USB a partir do cartão microSD. Isto demora breves segundos.
    • Se a operação for bem sucedida, a luz led verde no RPi começa a piscar de forma constante. Para confirmar o sucesso, ligue a porta HDMI do RPi a um ecrã. Se o ecrã ficar todo verde, isso indica que o processo de flash está completo.
  • Desliguei o RPi e removi o cartão microSD.

Finalmente, o Home Assistant!… o HA Operating System

Vamos à configuração inicial do HA! Não é preciso nem teclado, nem rato, nem monitor (no Rpi 4). Bastam os procedimentos a seguir indicados, no browser do computador.

  • Nota: certifique-se de que o RPi está ligado à mesma rede que o seu computador.
  • Liguei o disco SSD a uma das portas USB do Rpi (através do adaptador).
  • Liguei a fonte de alimentação do Rpi.
    • O RPi verifica se existe um SSD de arranque ligado à porta USB e arranca o sistema operativo.
  • No browser do PC (não do RPi!), escrevi homeassistant.local:8123
  • O tempo que leva para a página inicial do HA ficar disponível depende do hardware utilizado (nunca muito demorado).
    • Se não conseguir aceder ao HA, experimente homeassistant:8123 ou http://X.X.X.X:8123 (substituindo X.X.X.X pelo endereço IP do seu RPi, que pode encontrar na página de configuração do router).
    • Se não aparecer após 5 minutos num RPi 4 ou 5, talvez a imagem não tenha sido escrita corretamente. Tente repetir o processo de gravação do cartão MicroSD (ou tente um cartão diferente).

…e aí está o Home Assistant pronto para ser configurado e ficar a funcionar!

Notas finais:

  • Restaurar a partir de uma cópia de segurança. Após a instalação do HA, são apresentadas duas opções: criar uma nova configuração ou restaurar a partir de uma cópia de segurança. Se tem uma cópia de segurança (ver, acima), pode optar por restaurar a partir dela. O processo é intuitivo.
  • A abordagem feita aqui para o HA Operating System HA pode ser aplicada a outros sistemas operativos no RPi.

||| Porque não é objetivo deste artigo, não adiantarei pormenores sobre a configuração/inicialização do HA (até porque me parece intuitiva). Se necessário, o que não falta na Internet é informação sobre esse tema. Como já disse no meu artigo acima referido, o vídeo HA do ZERO é um bom exemplo dessa informação: dá uma breve explicação sobre o HA, apresenta três modos de o instalar (o que neste momento não será de grande interesse) e (aos 3 minutos) mostra como configurar o HA.

||| Por favor, use a caixa de comentários para partilhar a sua experiência com o HA, para apontar algo que não esteja claro ou algo a corrigir ou a acrescentar. Obrigado.

Leave a Comment

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Scroll to Top