Início » Fotografia, Tecnologia

A importância dos megapíxeis em fotografia

Vamos formular claramente a pergunta: uma máquina fotográfica com 20 megapíxeis (MP) é melhor que outra com apenas 12? A resposta é não. Ou antes, os píxeis (ou, como também se diz/escreve, pixels) por si só não definem a qualidade das fotografias que se obtêm com cada uma. Por exemplo, a Fujifilm FinePix JX650 Preta  tem 16 MP e custa 79.99 €; a Canon PowerShot G16 Preta tem 12,1 MP e custa, no mesmo sítio da anterior, 459 €. Se a resposta à questão inicial fosse sim, quem é que compraria a segunda máquina, muito mais cara e supostamente inferior?

Sensor

Vamos trocar isto por miúdos. E se começássemos por entender o que é isso de megapíxeis (ou, como também se diz/escreve, megapixels)?

O que é, então, isso de megapíxeis?

A palavra é composta pelo prefixo mega, que, como disse quando falei de megabytes, significa um milhão e pixels, contração dos termos ingleses “picture element” (“elemento de imagem”), que podemos traduzir por ponto. 1 megapíxel é, portanto, um milhão de pontos. Logo, quando dizemos que uma máquina tem 20 megapíxeis significa que ela pode captar 20 milhões de pontos de uma determinada cena.

Tenha presente que o tamanho de uma fotografia é medido em número de pontos (píxeis): largura x altura. Quer isso dizer que uma máquina que seja capaz de tirar fotografias com 2000 píxeis de largura por 1000 de altura (2000×1000) será uma máquina de 2 megapíxeis.

Mas então, observará o meu leitor, mais pontos… mais mega… melhor imagem, não? Não! Quanto maior for o número de píxeis de uma imagem, maior é a sua resolução. E resolução não é sinónimo (absoluto) de qualidade.

A resolução das imagens

Como se depreende do que ficou escrito, a resolução refere-se ao número de píxeis presentes nessa imagem. Mede-se em pontos por polegada (ppp; em inglês, dpidots per inch), sendo que uma polegada equivale a 2,54 centímetros. Conclui-se que quanto maior for a resolução, maior número de pontos da imagem existe no mesmo espaço; mas não (necessariamente) qualidade: se a objetiva da máquina não for boa, poderá ter uma imagem sem cores corretamente definidas, com excessivo ruído, etc..

Isto porque, além do número de pontos e mais do que do número de pontos, a qualidade de uma imagem resulta de outros parâmetros: a qualidade das lentes da objetiva (que determina sobretudo a fidelidade da cor); o tamanho do sensor da máquina (que influencia, por exemplo, o ruído);…

O tamanho (do sensor) interessa

Isso mesmo! em fotografia, o tamanho (do sensor) é importante.

Se o meu leitor conhece as máquinas fotográficas “convencionais”, sabe que o registo da imagem era/é feito numa película fotográfica de base química (o rolo fotográfico), que servia também de armazenamento da própria imagem. Com a fotografia digital, temos dois dispositivos para esses dois objetivos: um sensor que captura a imagem e um sistema de armazenamento da mesma. O que o sensor permite é exatamente isto: converter a luz em sinais elétricos que, após processamento, são transformados num ficheiro de imagem.

E a regra é esta: (desprezando a qualidade de fabrico) quanto maior for o sensor, maior a sensibilidade e menor o ruído, logo, mais qualidade. E, já agora, acrescente-se: quanto maior for o sensor, mais elevado é o seu preço.

Na imagem seguinte (copiada daqui) tem a ilustração do que fica escrito. Como exercício, diga qual das duas fotografias lhe parece ter mais megapíxeis.

 

fotosmegapixeles

Contrariamente ao que possa parecer, a que tem mais definição, menos ruído e cor mais fidedigna (a da direita) é a que tem menos megapíxeis. Razão: foi tirada com uma máquina cujo sensor é maior.

Em conclusão:

  •  querendo comprar uma máquina, se pedir conselho a um vendedor e este comparar marcas/modelos apenas baseando-se nos píxeis, desconfie da competência do vendedor;
  • se um amigo lhe disse que comprou uma máquina melhor do que a que tinha e comparar os 2 equipamentos baseando-se apenas nos megapíxeis, torça o nariz…
  • a objetiva é um componente essencial (o mais importante?) da máquina, quando pensamos em qualidade das imagens. Sobre ela haveremos de conversar…
    (se não quiser perder os artigos novos do Baú, assine as novidades, na barra lateral direita).

[primeira ilustração copiada daqui]

 

 

Um Comentário »

Deixe um comentário!

Escreva o seu comentário a seguir, ou o trackback do seu próprio sítio da Web.

Respeite a netiqueta e o assunto em discussão. Ativámos a moderação de comentários para filtrar o spam; por isso, o seu comentário pode levar algum tempo a ser publicado.

Pode usar estas etiquetas:
<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

Este blogue utiliza Gravatars. Se ainda não tem um, crie-o em Gravatar.